السبت في ٢٥ تشرين الثاني ٢٠١٧ ، آخر تحديث : 11:21 ص
YouTube Twitter Facebook RSS English French Portuguese
Bellemare Explorando 'Recentes Transmissões Não Autorizadas de Material Confidencial'
 
 
 
 
 
 
19-01-2011
 
O Promotor do Tribunal Especial para o Líbano Daniel Bellemare está "muito preocupado com as recentes transmissões não autorizadas em alguns canais de TV libaneses do que parecem ser entrevistas conduzidas por oficiais da Comissão de Investigação Independente das Nações Unidas (UNIIIC, por sua sigla em inglês)," anunciou o Gabinete do promotor nesta terça-feira em uma declaração.

"Este material são informações confidenciais e protegidas e foram publicadas em uma violação à lei. O Promotor está explorando todas as rotas possíveis, em Hague e no Líbano, para determinar como estas informações confidenciais caíram no domínio público e prevenir qualquer maior revelação não autorizada," disse a declaração.

"O Promotor condena fortemente a divulgação destas informações confidenciais e assegurou que seu gabinete continuará a não poupar esforços em perseguir a justiça," a declaração continuou dizendo.

Nos últimos dias, a rede de TV libanesa Al-Jadeed transmitiu duas fitas de áudio envolvendo oficiais do Tribunal e o Primeiro Ministro interino Saad Hariri.

A primeira gravação é de uma reunião entre Hariri, a alegada "falsa testemunha" Mohammed Zuheir Siddiq, o chefe do Bureau de Inteligência das Forças de Segurança Internas Col. Wissam al-Hasan e Gerhard Lehmann, um aliado do antigo investigador chefe da ONU Detlev Mehlis.

A segunda é do testemunho de Hariri nas investigações da ONU em 2007. o primeiro ministro interino confirmou a autenticidade de ambas as gravações.

Mais cedo nesta terça-feira, Bellemare alertou contra a especulação da acusação do Tribunal e frisou que "embora a justiça possa ser lenta, ela é ponderada."

Ele registrou a acusação pelo assassinato em 2005 do ex-premier Rafik Hariri nesta segunda-feira. Ele disse nesta terça-feira que o documento permaneceria secreto por enquanto.
"Qualquer especulação sobre o conteúdo da acusação seria contra-produtivo," Bellemare disse em uma declaração de vídeo.

"A confidencialidade é essencial visto que não posso presumir que o juiz pré-julgamento confirmará a acusação. Se ela for confirmada, o conteúdo do documento será publicado em curso devido."

Porém a especulação foi proeminente de nomes de membros do Hizbullah em conexão com o massivo ataque de carro bomba que matou Hariri e mais 22 pessoas na costa de Beirute em fevereiro de 2005.

De acordo com suas regras de procedimento, a acusação será agora revisada pelo juiz pré-julgamento Daniel Fransen, que deve confirmar as acusações antes de qualquer mandato de prisão ou intimações judiciais que possam ser emitidos.
"Mesmo que a acusação seja confirmada pelo juiz pré-julgamento, a pessoa ou pessoas cujas identidades estão contidas no documento são ainda presumidamente inocentes," Bellemare disse nesta terça-feira.

A acusação marca o lançamento da fase judicial do trabalho do tribunal e "representa o fruto de um duro trabalho sob circunstâncias desafiadoras," disse ele.
Bellemare saudou o movimento como um marco nos esforços para colocar um ponto final na impunidade aos assassinos políticos do país e disse que acusações confidenciais são importantes "para a comunidade internacional e para aqueles que acreditam na justiça internacional."

Ele disse que fez bem em prometer ao povo do Líbano fazer "tudo o que é humanamente e legalmente possível" para levar os assassinos à justiça.

Frisando "aqueles que não esperam ou não querem que este dia chegue," o promotor disse: "Diria que embora a justiça seja lenta, ela é ponderada."
Bellemare também agradeceu às autoridades libanesas por seu apoio. "Tem sido essencial."
 
Para adicionar algum comentário, você tem que ser registrado no ou registada
 
Últimos Comentários
 
Nenhuns comentários até agora


 
أخبار متعلقة
لا يوجد أخبار متعلقة