الخميس في ١٩ تشرين الاول ٢٠١٧ ، آخر تحديث : 11:56 ص
YouTube Twitter Facebook RSS English French Portuguese
Presidente Sleiman condena ataque à igreja em Alexandria Church em um telegrama ao Presidente Mubarak
 
 
 
 
 
 
03-01-2011
 
O presidente da República, General Michel Sleiman, enviou um telegrama de condolências ao seu parceiro Egípcio, Husni Mubarak, no qual ele expressou o seu profundo sentimento pelas vítimas que caíram em conseqüência do ataque contra 'a Igreja dos Santos" em Alexandria. Sleiman condenou muito o doloroso ataque terrorista que visou cidadãos inocentes que se reuniram na Igreja para rezar dando as boas-vindas às primeiras horas do Ano Novo.

Sleiman considerou que um ato tão chocante contradiz todas as religiões sagradas e a menor parte dos valores humanos e religiosos. Ele acrescentou que os perpetradores de tal crime de fato apontam para a iluminação do fogo do sectarismo no Egito.

Além disso, em um telefonema ao Presidente Mubarak, o Presidente Sleiman classificou o crime como estar incluído na estrutura "de uma política terrorista" que rejeita o outro e visa a coexistência entre várias religiões e seitas no mundo árabe. Ele esperava que o Senhor conceda paciência às famílias em lamentação e força para ser capaz de superar a perda dolorosa; esperando que o governo egípcio fosse capaz de revelar a identidade dos perpetradores deste crime.

Sleiman expressou o apoio do Líbano ao Egito em confrontar tal ato terrorista e nos esforços para empurrar o espírito de solidariedade, consenso e fraternidade entre a gente egípcia.

O Presidente Sleiman também chamado Papa Shenouda, condenou o crime terrorista e expressou as suas condolências sinceras às vítimas caídas.
 
Para adicionar algum comentário, você tem que ser registrado no ou registada
 
Últimos Comentários
 
Nenhuns comentários até agora


 
أخبار متعلقة
لا يوجد أخبار متعلقة